liminalvillage.1060×620

BOOM Liminal Village 2018

O Ativismo é palavra de ordem

Já é hábito que em todas as edições, desde 2000, pessoas inspiradoras e oradores nos tragam séries de conferências, conversas e workshops, acompanhados por sessões de cinema.

O Mundo e a Humanidade caminham no sentido da evolução e progresso, no entanto, deparamo-nos inúmeras vezes com passos que são dados em falso ou caminhos com a direção distorcida. O Boom sugere, e bem, que a auto-responsabilização, isto é, partir de nós próprios como princípio pode ser uma pequena ondulação num oceano de catástrofes e cataclismos.

Aquilo a que também é bom assistir são estas pequenas ondulações que se unem para agitar marés a bordo de colectivos, associações e iniciativas cujo propósito passa por levar a bom porto as causas em que acreditam. E como na natureza, que sempre arranja harmonia, também os grupos ativistas se juntam para partilhar e trocar conhecimento e experiências.

Mas como? Como é possível que tantos movimentos diferentes se juntam e consigam um impacto a nível global? Qual a contribuição de cada um?

São as respostas que vamos encontrar no próprio festival. Que vão desde o Ativismo Espiritual, ao Político, Tecnológico e Global.

 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This