Chiara Carrer

Ilustrarte 2014

Ilustrações preenchem o Museu da Electricidade

Numa parceria entre a Fundação EDP e a “Ver para Ler”, o Museu da Electricidade acolhe, entre 17 de Janeiro e 13 de Abril, 150 ilustrações de 50 artistas que integram a VI Bienal da Ilustração Infantil para a Infância, a ILUSTRARTE 2014.

Decorreram 10 anos desde a sua primeira edição em Portugal, sendo visível, actualmente, o papel que a ilustração tem vindo a desempenhar no panorama português, no que diz respeito, inclusive, ao próprio reconhecimento dos artistas. Em 10 anos esta arte passou de quase desconhecida para um assunto que ganhou voz e grande expressão. Tem-se vindo a assistir a uma crescente qualidade da produção nacional, reflectida através do reconhecimento e presença além-fronteiras.

As peças de arte aqui apresentadas resultam de uma selecção realizada por Chiara Carrer (ilustradora italiana), Carll Cneut, (ilustrador belga), Valerio Vidali (ilustrador italiano, vencedor da ILUSTRARTE 12) e Ewa Stiasny (editora e designer polaca). A este júri internacional coube a difícil tarefa de escolher os artistas, de entre 2000 candidaturas, oriundas de 72 países, cujas obras estão expostas na antiga fábrica de produção de electricidade.

No seio de tantos nomes internacionais do mundo da ilustração, o nosso país marca presença com o trabalho de Bernardo Carvalho, Teresa Lima, André da Loba, Marta Monteiro, João Vaz de Carvalho e Ana Ventura. Contudo, esta presença não se fica por aqui e o foco incide, também, nas criações de José Jorge Letria, a comemorar 40 anos de escrita e uma referência da literatura infanto-juvenil, as quais se materializam numa mostra de livros e textos.

Chiara Carrer

Em destaque está, igualmente, a obra de Chiara Carrer – ilustradora há mais de 20 anos – com uma mostra, em retrospectiva, de várias ilustrações desta importante autora contemporânea, possuidora de uma vastíssima obra e vencedora de vários prémios.

Comissariada por Ju Godinho e Eduardo Filipe, a criatividade da exposição transpõe as próprias ilustrações e ganha dimensão na forma como as mesmas ocupam o espaço expositivo. Cubos coloridos e iluminados, feitos de espuma, preenchem o 1º piso do Museu da Electricidade, “ilustrando” o espaço com cores e formas diversas, revelando as obras dos vários artistas seleccionados. Assim se cumpre o objectivo da Ilustrarte, que visa a criação de “um espaço de encontro e de discussão da melhor ilustração para a infância internacional, situando Portugal na rota dos grandes eventos internacionais nesta área”, segundo a organização.

Johanna Benz

O prémio Ilustrarte 2014 distinguiu a ilustradora alemã Johanna Benz como vencedora, que conta a história do acordeonista colombiano, Pancho Rada, e tanto Diego Bianki, bem como a polaca Urszula Palusinska, com duas mensões especiais.

As criações dos vários artistas que integram a Ilustrart 2014 podem ser admiradas de terça-feira a domingo, das 10h às 18h.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This