rdb_jimmyc_header

Jimmy C.

Artista Jimmy C. no projeto “Rostos do Muro Azul”

O artista Jimmy C. desloca-se a Lisboa propositadamente para nos deixar uma das suas criações. O local escolhido foi o muro que delimita as instalações do Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa, e a intervenção artística irá decorrer nos próximos dias 27 e 28 de março. Convidamos todos os interessados a assistir às pinturas ao vivo e a conhecer pessoalmente o street artist.

Jimmy C. é um reconhecido autor australiano, presentemente a residir em Londres, com peças de street art em diversas cidades do mundo e com uma linguagem artística muito singular, quase pós-impressionista, que nos lembra as pinceladas de Vincent van Gogh numa renovada versão para o espaço público, através da técnica do aerossol.

Elegeu Lisboa para a realização da sua próxima obra, na sequência da participação da exposição coletiva “Facing Faces”, patente até dia 29 de março, na Funarte, novo projeto galerístico dedicado à arte urbana e à estética lowbrow, localizado na LX Factory, com entrada livre.

O projeto “Rostos do Muro Azul”, resulta de uma parceria entre Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa e a Galeria de Arte Urbana do Departamento de Património de Cultural da C.M.Lisboa. Ao longo de 2 anos e meio, dezenas de artistas nacionais e estrangeiros, têm vindo a realizar um conjunto que presentemente conta com mais de 60 obras dedicadas à temática do rosto, sob o azul profundo que cobre este longo muro, ao longo da Rua das Murtas.

James Cochran, aka Jimmy C, desempenhou um papel fundamental no desenvolvimento do movimento de graffiti na Austrália, durante o início da década de 1990. Depois de trabalhar em diversas encomendas e projetos artísticos comunitários, concluiu o mestrado em Artes Visuais na University of South Australia, debruçando-se sobre a pintura realista e figurativa a óleo. Estes dois interesses em graffiti e pintura a óleo convergiram, levando Cochran a desenvolver uma assinatura, de estilo pontilhista, utilizando a técnica de aerossol. Executando retratos ou paisagens urbanas pintadas inteiramente com manchas de tinta spray, aprimorou esta técnica naquilo que chama de “drip paintings’ e “scribble paintings”, composta por camadas de gotas coloridas ou linhas energéticas para formar paisagens e retratos vibrantes e poéticos. Cochran vive atualmente em Londres e suas telas e paredes podem ser vistos em várias cidades do mundo.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This