rdb_papelparedeexpo_header

Parede de Papel

A exposição "Parede de Papel", um projecto de Glam e Travis, está patente até dia 27 de Abril, na Primeira Arte Atelier & Gallery, na Ramada, Odivelas

Estivemos à conversa com Catarina Monteiro, uma das autoras deste projecto “Parede de Papel”, uma exposição em que a arte urbana é exposta aos olhos de quem a quiser ver.

De onde surgiu a ideia para esta exposição e em que é que a mesma consiste?

A exposição consiste numa série de bonecos em 3D, totalmente feitos de papel e cartão. A ideia surgiu pelo interesse que tanto eu como o Fábio temos em explorar as potencialidades deste tipo de materiais e fazer algo de original, assim como pelo gosto que ambos temos por character design.

Porquê a colaboração entre Glam e Travis?

Eu e o Fábio começámos a pintar juntos desde que nos conhecemos e vimos que conseguimos conciliar os nossos gostos e o trabalho de forma a obter bons resultados e a evoluir como dupla.

Fala-nos um pouco do teu percurso enquanto artista. Sempre estiveste relacionada com arte, seja no teu trabalho ou vida pessoal? Como tudo surgiu?

Eu sempre adorei desenhar, principalmente bonecos e letras. Quando andava na escola tinha um desejo secreto de começar a pintar na rua, o que pude satisfazer quando eu e as minhas amigas fundámos a OGAcrew. Depois disso estudei Design de Comunicação e também fiz algumas formações em ilustração. Por isso, sim, de uma forma ou de outra sempre estive relacionada com arte e agora misturo os conhecimentos que fui adquirindo no meu trabalho pessoal.

Já agora, porquê o nome Glam?

Escolhi Glam para ser o meu tag por ser uma palavra feminina e com letras que me agradam de conjugar.

Sei que foi a primeira vez que decidiste expor algo teu. Porquê só agora? Tem a ver com o teu feitio mais reservado, ou sentias que ainda não estavas preparada para dar esse passo?

Eu já tinha participado em exposições colectivas e considero que o graffiti é por si só uma arte sempre exposta, uma vez que está na rua para quem quiser ver. Portanto foi apenas a primeira vez que expus o meu trabalho a solo numa galeria (neste caso em dupla). Se não o fiz antes, tem realmente a ver com o meu feitio reservado, mas também porque ainda não tinha surgido uma oportunidade semelhante.

Sei que a inauguração foi na galeria Primeira Arte, como correu? Sentiste que o feedback do público foi positivo?

Sim, o feedback foi bastante positivo e isso dá-nos motivação para continuar.

 

Além da Primeira Arte, há pouco tempo a exposição chegou até à Ramada, correto? Quais são os planos seguintes para este trabalho? Tens intenção de o explorar por mais galerias?

Não. O que aconteceu foi que houve um segundo evento na galeria Primeira Arte (que fica na Ramada ou muito perto), pois decidimos lançar peças novas, que já tínhamos planeado mas não tínhamos tido tempo de acabar para a inauguração. Também serviu para divulgar melhor a exposição e sem dúvida que valeu a pena. É possível que levemos a exposição para outro local, para que mais pessoas a possam ver, mas isso é algo em que temos de pensar, até porque temos sempre mais vontade de produzir trabalho novo e melhor.

Já pensas em projectos futuros, ou por enquanto vais aproveitar os frutos desta exposição?

Embora com nada em concreto… claro que penso em projectos futuros! Quero continuar a trabalhar na área da ilustração, individualmente com o Fábio e tentar aproveitar ao máximo todas as oportunidades que forem surgindo.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This