rdb_le-gamin-au-velo_header

O Rapaz da Bicicleta

“Le Gamin au Vélo” é um exemplar clássico do cinema dos irmãos Jean Pierre e Luc Dardenne, filmado nas ruas da Bélgica.

A acção gira em torno de um rapaz de onze anos, pré-adolescente, de nome Cyril que vive num abrigo de crianças. É um menino muito carente que vive uma forte obsessão em ser novamente aceite pelo pai. Como o título indica, a bicicleta é uma peça fundamental no percurso de Cyril. É ela que o acompanha sempre nas suas viagens e este defende-a como se se tratasse da sua própria vida.

Numa das fugas do abrigo para encontrar o pai, Cyril cruza-se com uma mulher (Samantha), agarrando-a fortemente como se o mundo fosse acabar naquele momento.

Samantha acaba por procurar o jovem no abrigo, comprometendo-se a recebê-lo em sua casa aos fins-de-semana. Esta mulher torna-se também uma forma de contacto entre Cyril e o seu pai, o que a coloca numa posição difícil, pois tem de ajudar o rapaz a lidar com a revolta de não ser aceite pelo pai.

Cyril não é um rapaz maldoso, mas é constantemente impulsionado por circunstâncias para as quais não está preparado, despertando-lhe sentimentos como a carência ou abandono. Perante estes factores, tornam-se inevitáveis as atitudes repentinas e egoístas, atrozes, insensíveis e violentas que por outro lado acabam geralmente com um pedido de desculpas e consciencialização dos erros cometidos.

O filme apresenta um triângulo geográfico, passando pela cidade que denota o passado de Cyril com o pai e o presente com Samantha, a floresta é o local onde o rapaz corre perigo e enfrenta desafios e a bomba de gasolina é o ponto de transição onde o enredo sofre várias transformações.

Trata-se assim de um filme envolvente que, segundo Jean Pierre, “pode ser chamado de conto de fadas moderno”. É um filme cheio de detalhes e pormenores que demonstram fortemente a cumplicidade gerada através da ligação entre as duas personagens principais.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This