Leonard Cohen: 1934-2016

A morte de um mulherengo

Dizer que Leonard Cohen era um cantor é o mesmo que dizer que para viver basta respirar. Poeta, escritor e novelista não lhe fazem igualmente jus, porque o que Cohen era, era uma alma velha e acima de tudo um profeta. Só assim se explica que bem antes dos 40 anos alguém consiga escrever canções como “Who By Fire” ou “Avalanche”, que felizmente não sofreram os maus tratos, abusos e violações que “Hallelujah” e “So Long Marianne” tiveram que atravessar, sem por isso perder nenhum do seu poder.

Por causa do que doaram à humanidade, há homens a quem todos os crimes são perdoados. São poucos, mas existem e depois da trilogia perfeita que foram os seus três primeiros discos, Leonard podia resvalar à vontade, que já teria conquistado todos os corações partidos deste mundo. Mas, por muito perto que estivesse, isso nunca veio a acontecer. Nem quando trocou o judaísmo pelo budismo nem quando Phil Spector alegadamente lhe apontou uma arma à cabeça nem quando se separou da sua musa, Marianne Ihlen. Leonard foi e será sempre aquele sítio fascinante onde o velho mundo e novo se cruzam, irónico, mordaz e ao mesmo tempo apaixonado por todas as coisas.

Ao contrário dos seus contemporâneos cujas edições discográficas recentes apenas existem para os envergonhar, Cohen nunca foi capaz de editar um disco menor, e se “Old Ideas” e “Popular Problems” estão longe do seu melhor, o último trabalho “You Want It Darker” carrega nas entranhas, a mesma paixão que fez dele o guerrilheiro que cantava sobre lençóis manchados de esperma, revoluções e a conquista do mundo. Tudo nele era belo e infinito, desde o olhar fixo, o esgar escarninho, o fato e o chapéu até à forma de entoar as palavras. Palavras essas que o tornaram parte do nosso mundo. Com ele dançámos até ao fim do amor, apoderámo-nos de Manhattan, possuímos Suzanne,  enfrentámos avalanches e descobrimos que ele era O nosso homem. E um amor como esse nunca se extingue, nem com a morte.

 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This