rdb_amoursimaginaires_header

Les Amours Imaginaires

Trio romântico que abriu o IndieLisboa 2011.

“Les Amours Imaginaires” ou “Heartbeats”, no titulo inglês, é a segunda obra do realizador canadiano Xavier Dolan. O filme foi apresentado na Sessão de Abertura no IndieLisboa’11 (festival onde “J’ai tué ma mère”, primeira obra do realizador, marcou presença no ano passado), “Les Amours Imaginaires” teve a sua estreia em Cannes, na secção Un Certain Regard, vencendo depois na categoria Regard Jeunesse. Estreia nas salas de cinema a 19 de Maio.

Partindo de uma temática já vista e revista – o enamoramento, encontramos Marie (Monia Chokri) e Francis (interpretado pelo próprio Dolan), grandes amigos que durante um jantar, conhecem Nicolas (Niels Schneider), um rapaz acabado de chagar do campo e imediatamente identificado como um “Adónis”. Apesar de ambos dizerem que Nicolas não faz o seu género, os encontros dos dois amigos com Nicolas multiplicam-se rapidamente, quer sejam reais ou criados pela mente de cada um.

Vão recebendo (ou imaginando) sinais da parte de Nicolas – quando dão por si estão envolvidos num triângulo amoroso de contornos obsessivos em que ambos desejam a mesma pessoa. A competição aumenta entre os dois amigos e a amizade sólida corre o risco de desabar.

Na realidade, Xavier Dolan é amigo dos dois actores e a ideia para um projecto sobre um triângulo amoroso surgiu precisamente após uma viagem de carro com ambos. Tendo como base claras referências cinematográficas, Dolan apodera-se das mesmas (como a aparição de Louis Garrel e mesmo a existência de um triângulo amoroso) e imprime-lhes o seu estilo próprio, original e jovem, tal como o próprio.

A música, elemento de coesão, foi escolhida pelo realizador e pela actriz Monia Chokri e conjuga-se na perfeição com os outros elementos.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This