Dolce & Gabbana

A alta-costura italiana adaptada à sociedade urbana do século XXI.

Criada por Domenico Dolce e Stefano Gabanna, a marca italiana surgiu no mundo na moda em 1985, num evento realizado em Milão. A marca rapidamente conseguiu alcançar um patamar bastante prestigiante em todo o mundo aliando a alta-costura italiana e um estilo mais clássico, com uma cultura mais urbana e moderna, tornando-se numa das marcas mais representativas no mundo da moda.

Desde o início da sua actividade, a marca sempre se considerou representativa dos “valores mediterrâneos”, especialmente dos italianos, onde o glamour e a sedução são duas das características principais. Foi com esta postura que a marca começou a surgir nas mais variadas “mostras” de moda um pouco por todo o mundo, tendo conquistado Hollywood e algumas das suas estrelas como por exemplo Madonna, Angelina Jolie ou Kyle Minogue.

Embora a Dolce & Gabbana possa ser considerada uma marca de “alta-costura” italiana bastante clássica, a verdade é que, com o decorrer dos anos, soube adaptar-se às mudanças da sociedade e conseguiu alcançar segmentos mais jovens. Na realidade, a marca italiana divide-se em duas sub-marcas com públicos-alvo bastante distintos: a Dolce & Gabbana e a D&G.

A Dolce & Gabbana é a clássica. Roupa luxuosa e extremamente cara, peças muito limitadas com um fabrico artesanal bastante cuidado que criam um estilo intemporal, transformando qualquer peça de vestuário num objecto de culto. A D&G é a face urbana da marca, mais irreverente e moderna, claramente criada para pessoas mais jovens que se interessam pela moda, “pela música e liberdade”, como a própria marca se caracteriza.

Assim, através destes dois conceitos a Dolce & Gabbana conseguiu distinguir-se de outras marcas mais clássicas por norma “concorrentes” do segmento. Podemos encontrar no mercado uma enorme gama de produtos da marca que vão desde as peças de vestuário mais clássicas e mais caras até aos óculos, perfumes e roupa mais descontraída que não apresenta preços muito diferentes das concorrentes do segmento, como por exemplo a Diesel.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This