‘Sketching Barcelona’  © Vicente Zambrano/Ajuntament de Barcelona

Lapin o Urban Sketcher

Fragmentos da vida.

Lapin é um ilustrador francês, um artista, um Urban Sketcher, que vive entre Barcelona e Paris. Carrega o seu sketchbook, a sua caneta de ponta fina preta, marcadores, lápis de cor e aguarelas para a rua, para um bar, o metro, Istambul ou Tóquio, registando cada segundo da sua vida. Preencheu cerca de 150 diários gráficos nos últimos 10 anos e aprecia particularmente esboçar em livros vintage de contabilidade que vai encontrando em mercados de usados. Em paralelo já publicou diversos livros e realizou várias exposições.

As obras de arte que expõe são principalmente uma compilação desses esboços, fragmentos de suas lembranças diárias e uma interpretação da vida que o rodeia.

‘Sketching Barcelona’ © Vicente Zambrano/Ajuntament de Barcelona

‘Sketching Barcelona’  © Vicente Zambrano/Ajuntament de Barcelona

‘Sketching Barcelona’  © Vicente Zambrano/Ajuntament de Barcelona

‘Sketching Barcelona’  © Vicente Zambrano/Ajuntament de Barcelona

O trabalho de Lapin pôde ser visto na exposição coletiva ‘Sketching Barcelona’ na Sala Ciutat em Barcelona. A Câmara Municipal de Barcelona convidou diversos ilustradores para desenharem a sua própria Barcelona. Cada distrito é projectado por um dos ilustradores através do seu traço, da sua perceção das suas cores, revelando através dos seus marcadores, lápis e aguarelas: ruas, bairros, mercados e nos surpreendem com recantos escondidos da cidade, seus pormenores arquitetónicos e suas gentes.

‘Oldies but Goldies’ Lapin

‘Oldies but Goldies’ Lapin

Lapin apresentou-se também na galeria sput&nik thewindow no Porto, com a exposição individual ‘Oldies but Goldies’ onde foi possível contemplar a recolha feita ao longo dos últimos meses de diversos automóveis clássicos que este foi encontrando pelas ruas de cidades que foi visitando. Na exposição foi também possível ver e comprar o seu mais recente trabalho “Copy Paste”, que consiste numa selecção de ilustrações de meios de transporte, passados a autocolante.

Na sput&nik thewindow o público teveoportunidade de manusear e poder adquirir alguns dos diários gráficos editados pelo artista. Nomeadamente os diários realizados em Saint-Émillion, Carcassone, Istambul e o mais recente de Barcelona, este na segunda edição, apresentado na exposição ‘Sketching Barcelona’.

Os trabalhos que se encontram expostos na galeria farão parte do próximo livro a editar por Lapin.

 

© Luis Xavier



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This