Mario Kart 8 – Wii U

Mario Kart 8

Depois de uma longa saga, que começou em 1992 na SNES, chega agora à Wii U o Mario Kart 8, que para além de manter todas as características da série, acrescenta diversas funcionalidades e uma variedade de pistas que garantem muitas horas de divertimento.

Existem jogos que são transversais a todos os gamers, sejam eles os mais hardcore, ou aqueles que ligam a consola uma vez por outra só para algumas horas de divertimento. Esses jogos tornam-se clássicos. É neste segmento que o que a “saga” Mario Kart se encaixa. Se é verdade que a simplicidade e jogabilidade possibilitam a qualquer pessoa rapidamente estar a jogar e a competir mesmo sem nunca ter visto o jogo, é também verdade que para dominar todas as variáveis de uma corrida e ser realmente competitivo é uma tarefa bastante árdua e que obriga a muito treino e dedicação. Em Mario Kart 8 esta dualidade é conseguida de uma forma perfeita, não deixando frustrado um newbie e não decepcionando o mais entusiasta.

Naturalmente que a premissa é a mesma: escolham uma personagem, o veículo (kart, mota, etc) e “asa”, seleccionem uma competição e depois basta acelerar. Os controlos são intuitivos e bastam duas curvas para perceber como jogar. Obviamente que a vossa escolha terá impacto na corrida. As personagens mais leves são mais rápidas mas são mais difíceis de controlar, ao contrário das mais pesadas que embora tenham um claro impacto na velocidade são uma mais valia nas curvas. Existe também uma maior paridade entre as motos e os outros veículos ao contrário das edições anteriores.

Graficamente o jogo aproveita todas as capacidades da Wii U, principalmente a forma como a consola lida com a cor. Foram introduzidas imensas animações que tornam o jogo ainda mais divertido como por exemplo o bigode do Mario que com o vento vai-se movimentando. Uma das grandes novidades deste novo titulo são as pistas que desafiam a gravidade. É possível utilizar paredes como atalhos e a anti-gravidade, se bem utilizada, pode dar um verdadeiro boost e ganhar vantagem na corrida. Existem dezenas de atalhos e formas únicas de ganhar vantagem à concorrência. Para os conhecer é preciso explorar muito bem as pistas e ter também um bocadinho de sorte. Mesmo estando em primeiro lugar na última volta e na recta da meta, podemos ser “apanhados” por uma das muitas “armas” que se encontram disponíveis. Pode ser frustrante mas com a experiência e uma boa gestão do “arsenal” é possível minimizar essas infelizes surpresas.

Por falar em “armas”, é de realçar a refinada selecção de artilharia que se encontra disponível. Para além das clássicas cascas de bananas, carapaças e outros items que foram introduzidos nas anteriores versões do jogo, o Mario Kart 8 apresenta três novas formas de “atrasar/arrasar” os adversários: O Boomerang, que permite 3 utilizações, a Flor Carnivora, que “alimentado” de tudo o que aparece em seu redor e o incrível Super 8, uma combinação de todos os items e que pode ser considerado como o verdadeiro Napalm do Mario Kart.

Com o Mario Kart 8 surge também a MKTV. No final de cada corrida é possível rever os melhores momentos, escolher as personagens que se pretende seguir e depois fazer upload do mesmo para Nintendo Network e para o Youtube. É uma funcionalidade interessante mas podia ser bastante mais desenvolvida permitindo por exemplo a gravação de uma corrida inteira.

Mas a grande novidade do Mario Kart 8 é o multiplayer. Finalmente encontrei um jogo para a Wii U onde se pode de uma forma simples, intuitiva e muito divertida, jogar com Mii’s de todo o mundo. Para apimentar um pouco a competição, a “carreira” em multiplayer arranca com 1000 pontos. Com o decorrer do tempo essa pontuação vai aumentando ou diminuindo consoante a performance de cada um. Ainda não consegui perceber se existe um match entre os players que competem na mesma party consoante a sua pontuação. Mais uma boa noticia: em todas as minhas experiências o lag foi quase ZERO. A  experiência de jogar com alguém do outro lado do mundo é exactamente igual a jogar com alguém fisicamente no mesmo espaço. Excelente trabalho Nintendo.

Mario Kart 8 é o melhor jogo que já tive oportunidade de experimentar na Wii U. Graficamente está a par com qualquer consola de última geração. A jogabilidade é fantástica e a longevidade é tremenda, principalmente devido à existência da opção multiplayer e do modo batalha que embora permaneça praticamente inalterável em comparação com as versões anteriores, não deixa de ser divertido. Em todo o mundo vendeu 1.2 milhões de cópias em três dias após os seu lançamento, tornando-se no título mais rapidamente vendido de sempre da Wii U. Este é o lançamento que a Nintendo precisava e que poderá ajudar a vender mais consolas.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This