sonar_2017_line_up

Sonar 2017

É a velha máxima deste evento, e com se diz que em equipa que ganha não se mexe, a organização do Sonar 2017 regressa com lema Music, Creativity & Technology.

Esta será a 24ª edição do festival urbano, virado para a musica de dança, no seu headquarter Barcelona, e vai desenrolar-se de 15 a 17 de Junho.

O formato da fiesta será o habitual, divide-se o evento em Sonar by Day e Sonar by Night. A versão diurna ocorre na Fira Montjuic, sendo aqui que se passa uma parte importante e diferenciadora dos demais, o Sonar +D. Porque não só de música é feito o Sonar, este local é um espaço internacional de conferências criativas e tecnológicas. Trata-se de uma plataforma onde profissionais da área da música, arte e multimédia partilham e, debatem o seu conhecimento de forma aberta a todos os presentes. Aqui é ainda possível ver as últimas “máquinas” e gadgets do mercado, com relação direta ou indireta, com a música eletrónica. Para os mais resistentes há o Sonar by Night, fora do centro da cidade espanhola, na Fira Gran Via d´Hospitalet. Neste espaço, vários artistas tocam simultaneamente em cinco palcos gigantes, dois indoor e três open space. Pelo meio existe uma pista de “carrinhos de choque” para os mais destemidos. O by Night apenas decorre nos últimos dois dias do International Festival of Advanced Music and New Media Art, o by Day desenrola-se nos três dias.

No presente ano, o Sonar já passou por Hong Kong, Istambul e Reykjavík (5ª edição!), e prepara-se para viajar ainda pela América Latina, com um tour marcado para as cidades de Buenos Aires, Bogotá e Santiago do Chile. Na verdade, não menosprezando esta supracitadas, é na Catalunha na qual estão lançados todos os holofotes e, para a qual os artistas guardam todos os seus trunfos, e se preparam a rigor para dar tudo o que têm.

Dentro dos artistas presentes nesta edição, começamos por destacar a dupla mítica Masters at Work, composto por Louie Vega e Kenny “Dope” Gonzales. Duas personalidades únicas com raízes distintas que influenciam a musica de dança de NYC desde 1990, Louie vêm do latin house e salsa, “Dope” por seu lado tem um background ligado ao hip hop de Brooklyn. Tem a sua espera um set de 6h no SonarCar. De La Soul, o trio de Long Island, é, um dos mais importantes grupos de hip hop dos últimos 30 anos, vão apresentar o seu novo álbum “De La Soul and The Anonymous Nobody”. DJ Shadow também tem novo álbum na carteira, mas certamente não será apenas isto que, o Rei dos samples, irá tocar pela noite fora. Este é, certamente, um dos momentos mais esperados do festival. Destaque ainda para o b2b entre Tiga e Seth Troxler (6h!) e o blind date de Daphni (a.k.a. Caribou) com Hunee, que este ano visitou o nosso país no Lisboa Dance Festival. Estes quatro prometem e, certamente o maior vencedor serão os presentes no dancefloor. O duo francês Justice está de volta a Barcelona e, a RdB sabe por experiência própria, que há ameaça de um furação cada vez que estes meninos aparecem pela Catalunha. Jon Hopkins, o menino protegido de Brian Eno, fará uma, exclusiva, aparição para o Sonar em formato dj set. Thundercat, a disco de Cerrone, a sensual Nina Kraviz, o puto maravilha Nicolas Jaar. Moderat, a superbanda que mistura Aparrat e Modeselektor, e que goza neste momento o estatuto de uma das mais respeitadas bandas da musica eletrónica, regressa ao Sonar, três anos depois de terem dado um show audiovisual mítico. A banda Soulwax também está de regresso. Vitalic – ODC live vai atuar para tentar provar que está de regresso às lides. Matmos, Prins Thomas, Heidi… enfim… parecem já ser razões suficientes para a RdB ir ver o que passa no Sonar 2017.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This