Two Door Cinema Club | “Beacon”

Two Door Cinema Club | “Beacon”

Um álbum novo, mas o registo é o mesmo

O trio de Bangor (UK) lançou, este mês, o seu segundo álbum intitulado “Beacon”. O sucessor de “Turist History” apresenta sons dançáveis e a voz de Alex Trimble, facilmente reconhecível, faz com que este “Beacon” seja, desde o dia de lançamento, um sucesso para aqueles que já acompanhavam a banda.

Esta pop da década ’00, polida e precisa no que toca a sintetizadores (aparentemente eles estão de volta e para ficar), junta ritmos dançáveis, tornando-se assim permeável nas pistas de dança e festivais.

O primeiro avanço do álbum já roda no airplay nacional há algum tempo, e é uma aposta ganha. «Next year» entranha-se nos ouvidos e faz com que se procure mais novidades da banda. Mas o álbum não se resume a um single; aliás, muitos são os que podem surgir de “Beacon”: «Sleep Alone», «Wake up» ou «Spring» podem facilmente saltar deste LP para outras ribaltas.

É no entanto possível dividir as criações do novo álbum de Alex Trimble, Kev Baird e Sam Halliday em duas partes. Uma, mais dançante e cativante – talvez mais aguerrida – , nas seis primeiras faixas; a outra nas restantes, ligeiramente mais introvertidas, menos dançáveis e mais ondulantes. Como se tivessem preparado “Beacon” para nos alegrar o inverno e acalmar uma época mais quente.

Two Door Cinema Club apresentam um álbum novo, mas o registo é o mesmo. Para uns isso é bom, já que a mudança é difícil de assimilar, mas por outro lado ficar-se-ia à espera de um rasgo fora da caixa. Ao longo do LP espera-se por uma ligeira variação no tom, no registo, mas ele não aparece. Não se aponta isso como algo negativo, fica apenas a questão da reinvenção. Estes rapazes, aparentemente calmos e meio “crominhos”, são muito bons no som que fazem. Uma banda que se faz ouvir, e bem.



There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This