rdb_thombrowne_header

Thom Browne

“Super slim fit”: A moda masculina tem novas proporções.

Thom Browne é um estilista praticamente desconhecido fora dos Estados Unidos. O que diferencia esta de qualquer outra marca é que Browne aposta em novas proporções para o homem contemporâneo. Os fatos completos (peça chave das colecções) apresentam o corte super slim fit (bem ajustado ao corpo). As calças são menos compridas que o habitual, sensivelmente pela altura do tornozelo, e os casacos são igualmente curtos cobrindo até a altura do cinto.

Nascido em 1965, mudou-se para a cidade de Nova York em 1997 para trabalhar como vendedor no showroom da marca Giorgio Armani. Mais tarde liderou a equipa de desenvolvimento criativo enquanto estilista para a marca Club Monaco pertencente ao grupo Polo Ralph Lauren Corporation e só depois lançou a sua própria marca.
Recebeu vários prémios e foi nomeado designer do ano em Março de 2006 pelo Conselho de Estilistas de Moda Americana (CFDA) para a linha Brothers Black Fleece. Posteriormente nomeado director criativo da Moncler Gamme Bleu foi também aclamado como melhor designer pela revista GQ, em Novembro de 2008.

Em 2001 fundou a linha de moda masculina com o seu próprio nome inspirada na cidade de Nova Iorque e que oferece uma gama muito completa de produtos desde, camisas, blusas, gravatas, roupa interior e acessórios. Construiu uma legião de fãs, fiéis às suas peças de alfaiataria propositadamente “encolhidas” com estrutura acentuada e corte meticuloso.

Este novo conceito de moda foi a resposta encontrada à grande aceitação que a moda casual recebe actualmente, em contraste com o traje formal. Um fato da marca Thom Browne é inteiramente diferente na sua estrutura e forma e apresenta uma nova visão da moda para o homem actual. Algumas celebridades como o famoso cantor inglês, David Bowie e o reconhecido jornalista americano, George Stephanopoulos são clientes habituais.
Browne encontra inspiração para desenhar as suas peças nas décadas 50 e 60, e considera a moda actual muito padronizada. Os tecidos em lã e flanela são a base principal para as suas peças. Os fatos são compostos por calças de frente plana com os tornozelos expostos e por casacos de três botões, com lapelas estreitas laminadas em direcção ao botão do meio e aberturas laterais.

O designer é conhecido por usar uma escala de cores cinza-carvão e sapatos de cabedal preto. A partir da sua característica assinatura, as principais tendências para o próximo Outono/Inverno 2010 recaem sobre os fatos em flanela, sobretudos e camisolas. A apresentação da colecção revelou sentido de humor associado a manifestações artísticas.

Considerado por alguns críticos como um designer irresponsável, referem que o preço cobrado pelas peças é exagerado tendo em conta que a quantidade de tecido utilizada é muito reduzida. Ao mesmo tempo outros críticos e fiéis seguidores do seu trabalho reconhecem o seu valor e fazem prever Thom Browne como um dos grandes nomes da moda masculina deste século.

O negócio da sua marca permanece relativamente modesto, pois não é fácil adequar as mentalidades e a influência do seu novo estatuto de proporções que revela alguma excentricidade frente a um mercado dominado pela moda casual.

Thom Browne e a sua moda masculina de corte revolucionário é destinada aos homens actuais que procuram a qualidade com um toque de irreverência. Pode ser adquirida em todo o mundo via online, em representantes da marca e na loja principal situada na rua Hudson Street, em Nova Iorque.



There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This