lisbon_header

Fifty People, One Question. Lisbon

Explorar as conexões humanas através das pessoas e dos lugares.

Uma máquina fotográfica acompanhada de uma câmara de vídeo permite descobrir sonhos, descobrir histórias e descobrir segredos.

“Obrigar as pessoas a pararem alguns minutos para pensarem ou sonharem sobre algum aspecto das suas vidas.” Fifty People, One Question. Lisbon acabou de chegar à cidade de Lisboa. Um projecto de vídeo e fotografia que “pretende descobrir os sonhos, as perdas, as reflexões, histórias e segredos das pessoas que se passeiam pelas ruas desta maravilhosa cidade que é Lisboa.”

Fifty People One Question nasceu em Nova Orleães corria o ano de 2008 por Benjamin Reece e Nathan Heleine. Quatro anos depois, esta iniciativa já marca presença em cidades como Chicago, Londres, Nova Iorque, Munique, Denver, Dublin, Hong Kong, Jerusalém, Mumbai, Cape Town, Zurique, entre muitas outras.

Aparentemente pouco lógico, o nome atribuído ao projecto é facilmente explicável. “A razão é simples, em cada vídeo abordamos 50 pessoas com uma única pergunta. Uma pergunta como: «Onde é que gostavas de acordar amanhã?»”

O que fazem um cineasta e uma psicóloga educacional juntos?

Marco e Isabel são os responsáveis pela chegada do projecto Fifty People One Question ao nosso país.

Ela é psicóloga educacional, vendedora de roupa em segunda mão e coleccionadora de postais. Alfacinha de gema, adora pensar, planear e iniciar novos projectos. Adora viajar, ficar sentada numa esplanada a ver quem passa, conversar, escrever e dançar. Marco é cineasta e fotógrafo, tem 21 anos. Gosta de ouvir música, com barulho de fundo a acompanhar, gosta de viajar para grandes metrópoles e de viver intensamente.

“Conhecemo-nos através de um amigo comum e um dia em conversa, o Marco pediu-me ajuda para construir algumas personagens para um filme dele e eu, que já conhecia o projecto Fifty People One Question e que andava à procura de alguém na área do cinema para comigo reproduzir este projecto em Lisboa, mostrei os vídeos de Benjamin Reece e Nathan Heleine ao Marco e ele disse logo no momento que íamos criar o Fifty People One Question. Lisbon. Desta conversa até ao início do projecto passou um ano e aqui estamos nós com o projecto em andamento.

O que de facto nos levou a aderir a este projecto foi o sentirmos que cada vez mais somos engolidos por este mundo acelerado e consumista, que anda a tirar tempo às pessoas, para serem pessoas. Pessoas com sonhos, vontades, segredos, pensamentos.

Estamos tão formatados para a produtividade, para o viver a vida depressa, para o vivermos numa caixinha isolada do mundo, que nos esquecemos que temos oportunidade de pensar, sonhar e querer e que não estamos sozinhos nos nossos pensamentos, sonhos…

O facto de estes vídeos chamarem a atenção das pessoas para o facto de terem um leque de possibilidades nas suas vidas que não pode ser esquecido para bem da humanidade e o facto de este ser um movimento em rede, que nos põe em “contacto” com pessoas de diferentes partes do mundo, foram os ingredientes que nos levaram a fazer parte desta iniciativa.

Achamos que a salvação do nosso planeta está na união e não na separação, por isso nada melhor do que unir as pessoas da cidade de Lisboa ao mundo.”

Este é já um projecto à escala mundial, permitindo não só descobrir os sonhos, perdas, reflexões, histórias e segredos das pessoas da cidade de Lisboa, como também dá a possibilidade de saber os sonhos, perdas, reflexões, histórias e segredos das pessoas de outras cidades do mundo, dando assim uma visão mundial do que as pessoas pensam, sentem e sonham.

A partir de agora, já se pode conhecer as conexões que existem entre pessoas que vivem em Lisboa e pessoas que vivem em Hong Kong ou Zurique, por exemplo.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This