Livros de Ontem

Livros de Ontem

Uma boa ideia, da teoria à prática

Numa altura que a crise tende a absorver e assombrar quase todas as áreas socioeconómicas, de quando em vez surgem ideias, projetos, aventuras, certezas que servem para abanar a ideia de estagnação, de monotonia.

Apesar do crescente número de leitores e do livro ser um objeto muito procurado e, acima de tudo partilhado, o mercado editorial vem sentindo nos últimos anos uma ligeira quebra. Para contrariar essa ideia fundiram-se editoras, os grupos com maior poderio económico reuniram chancelas, autores e obras de referência mas, a solidariedade livreira, ficou sensivelmente no mesmo impasse de sempre.

Cientes que agitar é urgente, João Batista e Nádia Amante criaram, em 2011, a editora “Livros de Ontem”, uma ideia que nasceu com o apoio do PPL Crowdfounding Portugal que contribuiu com cerca de 1500 euros e possibilitou, a esta jovem dupla, criar uma plataforma de classificados online com livros académicos usados a preços muito convidativos que são preciosas ferramentas para a classe estudantil que vê, assim, a possibilidade de adquirir, e vender, compêndios que já não necessita ou procura desesperadamente.

Com sede em Lisboa, a “Livros de Ontem” foi crescendo, devagarinho, e a sua aposta seguinte é a divulgação da língua portuguesa, com foco para a publicação de novos autores que usam o idioma de Camões para expressar o que lhes vai na alma e coração, seja em prosa, poesia, narrativa ou ficção.

Outra das características da “Livros de Ontem” é a proximidade entre editora e autor durante todas as fases de elaboração do livro, inclusive no processo de divulgação da obra cujo grande objetivo é aproximar o escritor do leitor.

Este projeto jovem, criativo e inovador foi já alvo de prémios e louvores e, entre eles, contam-se o galardão de empreendedorismo “Melhor Ideia de negócio FCSH Nova – Santander Totta” ou o primeiro lugar no “The Next Big Idea”, do canal Sic Notícias.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This