rdb_armedangels_header

Armed Angels

Moda rima com... sustentabilidade? 


Armedangels é o nome que espelha uma filosofia de sustentabilidade inusitada no mundo da moda. Sim, por isso mesmo… por acarretar o termo sustentabilidade, não às costas, mas nas mãos – como estandarte!

Armados até aos dentes com afincadas convicções de responsabilidade social, estes anjos procuram combater os demónios da indústria da moda, entendidos como os sobejamente conhecidos escândalos que ensombram várias produções e sua repercussão negativa, tanto no sector económico, como ambiental. Não é para meninos? É sim! Esta luta a que poucos se dão ao trabalho em mera prol de verem o seu corte e costura de pé, iniciou-se através de uma equipa jovem, originalmente encabeçada por dois amigos cujos esforços se viram concentrados em procurar fazer a diferença e mudança no mundo, sob pauta daquilo que melhor sabem fazer. E é, pois, criar.

Queriam combinar a moda com um estilo de vida sustentável, fazer das suas peças únicas, não apenas pela sua elaboração criativa, mas acima de tudo pelo impacto que estas teriam – benéfico, ou não fossem “anjos – no ambiente, na economia e sociedade, com o seu contributo. Não é freak nem hippie, de todo, vê-se no design das suas colecções arrojadas em que o benefício parece óbvio: criar peças funky street wear com materiais que não foram impregnados de pesticidas e cujos fornecedores se vêem escolhidos entre boas práticas ambientais; e ajudados nesse sentido, ao serem incentivados à certificação para que a sua actividade seja realizada com respeito pelo ambiente e condições de trabalho dos respectivos trabalhadores.

Este aspecto faz com que se gere um ciclo de bons resultados cujo proveito cabe ao consumidor final, vestido originalmente com materiais saudáveis para a pele e, estranhamente, para a carteira! Chamam-lhe Social Fashion Revolution, um movimento de consciências mundial, levado à agulha e dedal a partir da Alemanha.

This way or nota t all. Não é “marrar”, não é fazer uma comuna. É, acima de tudo, fazer um claro apelo que de bom aspecto podemos viver todos, mas que este é compatível com boas práticas e preocupações que a todos afectam. O site onde se vendem cortes frescos para os boys and girls traz uma satisfação à vista por ver quão dinâmica esta mensagem se pode tornar, passando do conteúdo à forma, que é inspirada num estilo muito urbano, divertido e muito hype.

A colecção de Verão navega entre o funky, street, disco… muito completa, implicando mesmo uma colecção de malas casuais. É por isso tão divertido pensar que, se isto é tão última moda, é esta a primeira corrente que vejo e aprecio de activismo e preocupação com o mundo, para além do umbigo da manequim ou costureiro.

É uma marca que vai continuar a dar que falar, pelo tecido que possamos vestir, pela peça pela qual nos possamos apaixonar… ou mesmo pelo investimento que eles próprios fazem em deixar legado, dando formação a mulheres e homens de países sub-desenvolvidos e – habitualmente – produtores de matéria-prima para a indústria que se quer ver melhorada, limpa de consciência e procedimentos. Por um futuro melhor… Vamos crer, mesmo, que sim!



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This