Final Fantasy

Um dos talentos maiores da música pop actual regressa a Portugal. Abram alas para Owen Pallett e o seu violino mágico.

Antes de mais, um pouco de contextualização:

Presença regular em discos de malta como os The Hidden Cameras e The Arcade Fire (está ligado ao enorme “Funeral”), Owen Pallett editou há sensivelmente um ano “Has a Good Home”, o seu inocente disco de estreia. “He Poos Clouds”, a novidade do projecto Final Fantasy, editado há alguns meses, é um disco que vai além da voz, violino e pedal de efeitos de “Has a Good Home” e coloca Owen Pallett no papel de maestro de uma orquestra imaginária, sempre conduzida de forma exemplar. É um disco ambicioso, mas jamais pretensioso. E isso é, digamos com franqueza, um marco notável. “He Poos Clouds” promete confirmar o músico dos Arcade Fire como um dos grandes nomes da pop contemporânea, não haja quaisquer dúvidas disso.

Final Fantasy ao vivo em Portugal, antes, momento passado:

“Simpático, muito bem disposto, óptimo performer, Owen Pallett é a cara do projecto Final Fantasy, que se apresentou na sala lisboeta apenas com um violino (estupidamente bem loopado) e, pontualmente, uma bateria. Diga-se de antemão, primeiro ponto, que foi um óptimo concerto. Owen Pallett é um gajo talentoso, sabe o que faz, onde vai, o que quer. Toca descalço mas não toca em terreno incerto, move-se antes por caminhos muito bem definidos e de trilho seguro. Apresenta, para além de canções do disco “Has a Good Home”, versões de gente como Bloc Party ou Mariah Carey. Virtuoso violista, registe-se a surpresa que foi constatar a bela voz do moço, ora calma e num registo suave, ora raivosa, ardente, a incitar um motim para dentro do seu violino”, in Rua de Baixo – cita-se um texto da casa para um pequeno recorte da estreia a solo do músico em Portugal, que se deu na ZDB em finais do ano passado.

Já este ano, Owen Pallett foi globalmente tido como uma da grandes actuações do Sudoeste 2006, num concerto que, diz quem viu, marcou pontos pela simplicidade e pela imensidão musical dos temas do então fresquíssimo “He Poos Clouds”.

Final Fantasy ao vivo em Portugal, agora, momento presente:

Três datas ao vivo em Outubro, nova oportunidade para descobrir um compositor de excepção. As datas e locais são os seguintes:

14 de Outubro – Teatro Miguel Franco, Leiria (integrado no Fade In Festival)
15 de Outubro – Club Lua, Lisboa
16 de Outubro – Casa das Artes, Famalicão

Informações sobre bilhetes, horários e afins é seguir os links abaixo citados.

Aviso final à navegação – vale mesmo a pena. Não deixem passar a oportunidade de presenciar o canadiano mais simultaneamente geek e cool de sempre ao vivo.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This