the-yakuza-remastered-collection

The Yakuza Remastered Collection

Assim se completa a coleção

A Playstation tem sido a casa dos jogos Yakuza, nomeadamente a PS4, onde os títulos mais recentes têm sido lançados, juntamente com os remakes Yakuza Kiwami e Kiwami 2.

Com a adição de The Yakuza Remastered Collection, tornou-se possível jogar toda esta franchise (mainline) numa só consola. Esta coleção apresenta os jogos que se encontravam em falta na PS4, sendo eles o Yakuza 3, 4 e 5. Os mesmos receberam melhorias visuais e um aumento de desempenho, com o objetivo de melhorar a experiência e torná-los mais “modernos”.

// As histórias que nos faltava conhecer

As campanhas de cada um dos jogos apresentam-se como narrativas sólidas e com temas ligeiramente diferentes. A série Yakuza contém uma narrativa de excelência, com momentos intensos de drama, honra e muito mais. Tudo isto com um tom humorístico fantástico que encaixa perfeitamente na série. Sendo este bundle uma parte da fundação da narrativa que se foi construíndo ao longo dos anos, cada uma destas campanhas apresentam-se como entradas positivas. No entanto, a história do Yakuza 3 é a menos empolgante entre estes jogos.

Sem muitos spoilers, temos aqui um breve sinopse:

 

Yakuza 3

O terceiro jogo envolve uma narrativa mais pessoal de Kazuma Kiryu. Este começa uma nova vida com o seu orfanato e longe dos negócios de Yakuzas. A história centra-se inicialmente no orfanato e nos problemas que as crianças do mesmo têm sentido no seu dia a dia. Porém, a narrativa começa a expandir-se para o território Yakuza depois de terem ocorrido uns tiroteiros misteriosos, o que obrigará Kiryu a regressar ao seu passado.

Yakuza 4

Aqui temos uma mudança radical. A narrativa é transmitida através da perspetiva de três novas personagens. Cada uma destas tem a sua própria história e, no final, estas reunem-se juntamente com a de Kiryu (sim, ele ainda está presente). Claro que cada personagem tem a sua própria personalidade e características, confesso ter-me tornado um grande fã de Shun Akiyama.

 

Yakuza 5

Neste jogo voltamos a tomar controlo de Kiryu, que tem uma nova vida como taxista, numa nova localização. Novamente, o seu passado está constantemente a envolvê-lo nos eventos presentes e Kiryu acaba por ter de o enfrentar mais uma vez. As personagens introduzidas no Yakuza 4 estão de volta, novamente com as suas próprias narrativas. Para além disso, temos ainda uma nova personagem que introduz uma experiência diferente e divertida na série. Podemos dizer que Yakuza 5 é o culminar da franchise, sendo o título que contém mais horas de jogo e de narrativa.

 

// Remasterizações simples

Os três jogos continuam a demonstrar visuais apelativos após os anos que passaram. Apenas o Yakuza 3 é que não envelheceu tão bem e necessitava de um trabalho mais refinado. Existem momentos em que o jogo é desfocado e, em contraste com as outras remasterizações, este fica aquém. No entanto, é de elogiar todo o detalhe embutido neste jogos, como, por exemplo, as cidades japonesas repletas de movimento e as animações faciais. Estas são beneficiadas de alguma forma nesta remasterização sendo Yakuza 5 o jogo a destacar.

As bandas sonoras continuam fantásticas, principalmente durante o combate onde a música fornece uma dose de adrenalina. Não nos podemos esquecer do excelente trabalho de dobragem que é realizado nos jogos Yakuza.

// O charme de Yakuza

A jogabilidade não muda muito entre os titulos e não precisa, pois continua em boas condições após estes anos que passaram. Esta é excelente e variada, graças à exploração pelas cidades recheadas de detalhe e ao combate dinâmico e bruto que oferece.

Com esta remasterização, o desempenho dos jogos é melhorado para 60 FPS, o que torna o combate mais fluido e satisfatório. Não nos podemos esquecer das clássicas sidequests de Yakuza, que são marcadas pelo seu humor inesquecível.

Existem também montes de atividades, como Karaoke, bares de jogos arcade clássicos da Sega (onde podemos jogar Virtua Fighter e até Taiko no Tatsujin), pesca, etc. Estes mundos são incríveis precisamente pelas atividades que podemos realizar. Sentimos que estas cidades estão repletas de vida e é algo único de Yakuza.

Voltando ao combate, este funciona como uma mistura de brawler e jogo de luta. Temos o nosso combate físico à base de punhos e pontapés, opcionalmente com objetos como espadas, garrafas e até bicicletas! É uma festa de porrada brutal, agressiva e por vezes humorística. Juntamente com uns golpes especiais brutos para com os nossos inimigos que até nos fazem doer.

Existem, claro, técnicas (upgrades) que podemos desbloquear enquanto subimos de nível. Para isto, é necessário ganharmos experiência através de lutas ou quests.

Para distinguirmos a jogabilidade entre os títulos, apresento aqui um pequeno vislumbre:

 

Yakuza 3

O combate aqui é o mais simples dos três jogos, estando a sua base já descrita anteriormente. Continuamos como Kazuma Kiryu, novamente a enfrentar os seus problemas com yakuzas e, de vez em quando, alguns rufias que pensam que têm hipótese contra o Dragão de Dojima.

 

Yakuza 4

Como já mencionado, aqui jogamos com personagens diferentes e cada uma apresenta um estilo de combate único. Conseguimos ter assim, mais variedade no combate e menos repetição ao longo que jogamos. De notar que neste jogo não começamos com Kazuma Kiryu, logo teremos uma experiência diferente no início.

 

Yakuza 5

Aqui, a fórmula de Yakuza 4 é expandida com mais uma nova personagem e, no entanto, começamos novamente com o clássico Kazuma Kiryu. Para além disso, o combate levou um “revamp” em termos de finishers, sendo possível executar estes em mais circunstâncias. Temos também uma powerup form para quando enchemos a nossa Heat Gauge, que nos permite dar uma grande quantidade de dano em luta.

 

O resultado final é um conjunto de jogos repletos de conteúdo. Considerando todas as sidequests e outras atividades que cada um dos jogos apresenta, é possível passarmos horas e horas sem fim com cada um destes títulos. As narrativas podem durar, em média, cerca de 20h, com exceção do Yakuza 5 que dura, em média, o dobro. Existe muito conteúdo para os fãs de Yakuza recordarem ou para novos jogadores experienciarem pela primeira vez.

// Veredicto

The Yakuza Remastered Collection mostra um trabalho rápido mas sólido, que permite aos novos fãs da série experienciarem pela primeira vez estes títulos na PS4. Para os que são fãs desde o início, é uma boa forma de recordar os momentos únicos que passaram com cada um destes jogos.

Prós:

  • Uma remasterização sólida em conjunto com 60FPS.
  • Jogos com narrativas fortes e personagens carismáticas.
  • Combate dinâmico e divertido.
  • Montes de conteúdo extra em cada um dos jogos.
  • Um pacote excelente com três jogos fantásticos.

Contras:

  • Yakuza 3 merecia mais trabalho no departamento visual.

 

N.º de Porta:­

8/10



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This